sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Courrier Internacional n.º 152


Saiu hoje o número de Outubro do Courrier Internacional. A capa é dedicada àqueles que nem dão pelas crises económicas e financeiras que o mundo atravessa. Os que têm dinheiro para comprar as obras de Damien Hirst (conhecido por conservar tubarões, bezerros, zebras, porcos e ovelhas em formol), entre as quais se encontra a caveira que sorri aos leitores da revista. É toda ela incrustrada om 8601 diamantes, vale 50 milhões de libras (63 milhões de euros) e chama-se For the love of God, expressão utilizada pela mãe do artista britânico ao olhar para a peça em causa.

Além dos ricos, a edição n.º 152 traz reportagens sobre Frýdlant (República Checa), onde Franz Kafka terá encontrado a inspiração para o romance O castelo, e Czernowitz, localidade ucraniana que os judeus inundaram de cultura. Quem tiver curiosidade em saber o que move um terrorista suicida pode ler uma entrevista com Shifa al-Qudsi, que quis sê-lo um dia, mas hoje defende a paz e o diálogo. As cartas de Mariana Alcoforado, o negócio da água engarrafada e a dificuldade dos pássaros das cidades em fazerem-se ouvir são outros assuntos abordados, num número em que também fala Paul Ekman, perito em detecção de mentiras. E o portefólio deste mês mergulha-nos no Oceano Índico, cheio de formas e cores admiráveis.

Se isto não chega para vos fazer correr até ao quiosque, fiquem a saber que a secção multimédia é dedicada a uma nova BD indiana, de que vos recomendo esta amostra. Vá, contribuam para o sustento deste vosso bloguista!



Pink Floyd, Money

4 comentários:

carla mar disse...

psiuuuuuuuuuuuuuu... já tenho, uma, aqui!

beijinho meu e um sorriso :)

João Paulo Cardoso disse...

Esta gente que faz publicidade em blogues e nos comentários dos mesmos é insuportável!!

(Hoje no "Eldorado" o imperdível "O Código Bocage" - http://oeldorado.blogspot.com)

Fiquei tão farto (a palavra certa será mais "interessado") da publicidade a essa revisteca que vou comprá-la, estás satisfeito?

Eu sei que já lá vão 152 edições e que só agora vou comprar um exemplar, mas mais vale tarde do que nunca.
Aliás, já tinha estado para comprar a última, mas o tempo passou e ela esgotou lá na papelaria onde compro cultura.

Vou comprar esta, parece interessante, como sempre.

Mas não era necessário tanta publicidade!!

("O Código Bocage" no "Eldorado", a não perder)

Um abraço.

P.S: Se ficar viciado no "Courrier", conto contigo e com os teus colegas para o fornecimento de uma boa dose mensal desse belo tóxico.

M. disse...

amanha terei o meu exemplar.
e fiquei com a money no ouvido. acoincidência é que estava a ouvir a shine on you crazy diamond:)

**

Huckleberry Friend disse...

Carla Mar, beijinhos para ti e um sorriso indisfarçado ;)

JP, bem-vindo ao clube... se a edição passada esgotou, é bom sinal! Mas para não perderes a próxima, que tal fazeres já uma assinatura? Fica praticamente por metade do preço! Abraços.

M'zinha, estas coincidências musicais nunca são só coincidências... se tiveres dúvidas, pergunta ao Cohen ;) * gosto de ti!