quarta-feira, 15 de outubro de 2008

É só isto

Joanne Swansborough
roubado ao blogue O meu cais




Espalhem a notícia
do mistério da delícia
desse ventre
espalhem a notícia
do que é quente e se parece
com o que é firme e com o que é vago
esse ventre que eu afago
que eu bebia de um só trago
se pudesse

Divulguem o encanto
do ventre de que canto
que hoje toco
a pele onde à tardinha desemboco
tão cansado
esse ventre vagabundo
que foi rente e foi fecundo
que eu bebia até ao fundo
saciado

Eu fui ao fim do mundo
eu vou ao fundo de mim
vou ao fundo do mar
vou ao fundo do mar
no corpo de uma mulher

vou ao fundo do mar
no corpo de uma mulher
bonita

A terra tremeu ontem
não mais do que anteontem
pressenti-o
o ventre de que falo
como um riotransbordou
e o tremor que anunciava
era fogo e era lava
era a terra que abalava
no que sou

Depois de entre os escombros
ergueram-se dois ombros
num murmúrio
e o sol, como é costume,
foi um augúrio
de bonança
sãos e salvos, felizmente
e como o riso vem ao ventre
assim veio de repente
uma criança

Eu fui ao fim do mundo
eu vou ao fundo de mim
vou ao fundo do mar
vou ao fundo do mar
no corpo de uma mulher

vou ao fundo do mar
no corpo de uma mulher
bonita

Falei-vos desse ventre
quem quiser que acrescente
da sua lavra
que a bom entendedor
meia palavrabasta, é só
adivinhar o que há mais
os segredos dos locais
que no fundo são iguais
em todos nós

Eu fui ao fim do mundo
eu vou ao fundo do mim
vou ao fundo do mar
vou ao fundo do mar
no corpo de uma mulher

vou ao fundo do mar
no corpo de uma mulher
bonita

20 comentários:

ana v. disse...

Parabéns!!!!!!!!!!!!

Tudo de bom para a nova codornizinha que há neste ninho!

Beijo grande

cris disse...

Verdade?

PARABÉNS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Huckle, mil e um beijos para os três.
Ai, que só apetece dizer Papá Codorniz! :-)
Esse momento é só vosso. Há lá sensação melhor do que olhar uma coisinha assim, pequenina, linda. Que é lá isso de dizerem que os bebés são todos iguais?
Nada disso!
O vosso é o mais lindo.
E um grande beijo também ao teu pai, que deve estar babadíssimo!

Com toda a alegria,
Tchim-Tchim!...Lindos!

Cris

Virginia disse...

Já te escrevi e volto a escrever.

Gozen desse bébé até mais não poder. Ela nunca mais vai ter esse tamanho, nunca mais vai ser tão vulnerável, tão carente de mimo e tão querida....

Dance her to the end of life...

Bicas

Maria disse...

Depois desta canção do Sérgio eu até punha três ou quatro ovos...
Mas fica só este, com um enorme PARABÉNS!

Abraço

Teresa disse...

PARABÉNS!!! PARABÉNS!!!

De hoje em diante nunca mais nada será igual...

Quero, queremos saber TUDO!

Beijo enorme aos TRÊS!

Su disse...

E no segundo em que ela nasce, somos outra pessoa, não é?
Aquele primeiro olhar que trocamos fica para o resto da vida na nossa retina...
Bem-vinda! Muitos parabéns para os três!

Su disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Torquato da Luz disse...

Um forte abraço de parabéns, Pedro, e beijinhos à Sofia e à Helena, a quem desejo tudo quanto a vida tem de melhor.

sum disse...

Parabens Hunk,
São as épocas mais felizes da nossa vida. Não ha nada melhor que uma pulguinha pequenina nos nossos braços.

Beijo

Mateso disse...

Um ramalhete de parabéns e muitas felicidades.
Beijinhos.

M. disse...

muito muito muito amor.:)

este ninho está mais rico.

*

TVQ (e também TT) disse...

Mais um post de antologia... Maravilhoso!

Meu querido amigo,

Que felicidade! que emoção!

1 abraço, 1 beijo e outro beijo (para os três da vida airada!)

João Paulo Cardoso disse...

Muitos parabéns aos três!!

A família cresce e o talento para a escrita também, espero!

Fico à espera de novos blogues, no feminino.

Um abraço para ti, beijos para a Sophia e para a pequenina, amigos virtuais de verdade.

JúliaML disse...

Tchi! Coisa linda! :-) Dia de nascimento!

Arrepiei -me com tanta beleza aqui. Abençoada seja essa familia linda!

abraço os dois!

RAA disse...

Muitos parabéns!

Sonhadora78 disse...

Parabéns :o)

Huckleberry Friend disse...

Queridos Todos:

Muito obrigado. Este ninho, este mundo, esta vida, ganharam mesmo um sentido outro, para lá de toda a antecipação que pudéssemos imaginar. O primeiro dia de uma vida marca um antes e um depois noutras duas (e em mais algumas, suspeito). Estou a gostar deste depois e soube-me bem partilhá-lo convosco. Um grande abraço. Perdão, três grandes abraços. Nossos.

addiragram disse...

Que pena ter chegado tão tarde! mas garanto que trago a melhor das oferendas a esses três feitos um! Um grande beijo, com votos de um grande e longo amor, o melhor alimento para todos os meninos.

Manuela Viola disse...

Embora uns dias atrazada, aqui ficam os meus PARABÈNS.
Goza bem todos os momentos. São únicos!
Um beijo aos três.

Huckleberry Friend disse...

Um grande beijinho, Addiragram e Manuela!