segunda-feira, 9 de junho de 2008

Guernica 3D

A artista nova-iorquina Lena Gieseke pegou na Guernica de Picasso e deu-lhe mais uma dimensão. O resultado é muito interessante. Quantos detalhes nos podem passar despercebidos num dos quadros que mais vezes vimos? Quantas mais o observaremos, cientes de que o horror retratado há 70 anos permanece actual? Mal posso esperar pela próxima visita - ainda por agendar - a Madrid.

Lena Giesecke, Guernica 3D

Um abraço ao primo Zé Guilherme, que me mandou este vídeo.

16 comentários:

Martini disse...

Muiito interessante!
Nem acredito que decidiste parar de falar do entediante rock in rio e falas de um assunto realmente interessante! (provocaçãozita!)

Periférico disse...

Fabuloso!

Um abraço

Júlia Moura Lopes disse...

está muito interessante!

obrigada por isto

beijinho

Mário disse...

O diabo esconde-se nos pormenores - diz o ditado. Neste caso, a nuance, não o mafarrico.
Bons feriados
PS. não comentas a gaffe do Presidente e o Dia da Raça??? Podes ver em www.azulnuvem.blogspot.pt

legivel disse...

... de facto a tridimensionalidade oferece-nos outra perspectiva do drama "retratado" por Picasso. Interessante a ideia da autora.

RAA disse...

É assombroso.
Há uma história curiosa: em 38, salvo erro, houve uma Expo em Paris, em que participaram os diversos países, entre os quais a Alemanha nazi e a legítima Espanha republicana. Esta apresentou o Guernica. Numa ocasião um dignitário alemão, penso que militar, abordou Picasso assim: «Foi você que fez isto?», ao que o pintor retorquiu: «Não, foram vocês!»

Carlota disse...

Está muito, muito giro!

Armando S. Sousa disse...

Uma perpectiva completamente diferente e espectacular, de ver um dos ícones da pintura do século XX.
A três dimensões o horror é ainda maior.

Daniel Aladiah disse...

A arte do presente, em imagens do futuro...
Um abraço
Daniel

purita disse...

já tinha visto...é muito interessante!!!

Pedro disse...

Martini, nem acreditas? Sou assim tão atreito a só falar de coisas chatas :P beijinhos, ainda bem que gostaste ;)

Periférico, subscrevo! Abraço

Júlia, não tem de quê... também me tem dado muito! Beijo.

Pai, mais do que uma gaffe, o que o PR disse é uma bacorada. Que deu imenso jeito aos skinheads que ontem desfilaram pela baixa. Se ocupasse menos tempo a fazer listas de comendadores e mais a pensar no que lhe sai pela boca fora...

Legivel, qualquer visão fica mais rica se lhe acrescentarmos um ponto de vista. Olha o cubismo! Abraço.

RAA, obrigado pelo episódio que partilhas. A presença de espírito de Picasso é tão impressionante como a sua arte... abraço!

Carlota, bem-vinda! Obrigado e um beijinho!

Armando, bem-vindo ao blogue. O teu comentário ilustra o que mais me chamou a atenção neste Guernica 3D: é notável conseguir dar uma nova leitura a uma imagem tão vista!

Daniel, os tempos fundem-se quando o artista consegue tornar-se intemporal! Um abraço.

Purita, muito mesmo! Beijinhos.

Abraços e beijos a todos do Huckleberry Friend (Pedro Cordeiro)

Martini disse...

Não! Só o rock in rio é que realmente me aborrece :P

Pedro disse...

Lol eu percebi! Beijinhos grandes e as melhoras do pé ;)

Pedro disse...

ups, joelho!

Miosotis disse...

... eu própria fiquei silenciada de maravilhamento e horror!

Vi a reportagem! Sem palavras! Só olhos muito abertos e fascinados!

A arte reinventada de uma obra de arte dentro de uma obra de arte!

Um abraço,

Huckleberry Friend disse...

Miosótis (nome tão bonito como a flor que designa...), partilho a sensação contraditória. Valha o fascínio que a arte suscita para nos consolar - mas também recordar - de horrores passados. Talvez para evitar horrores futuros. Beijo.