quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Truta fresca da época

Ei-la, completa... é só terem a paciência de carregar sucessivamente nos vários plays. Quem tiver espírito de sonoplasta também pode tentar fazer misturas. Os executantes são Julian Rachlin, Mischa Maisky, Mihaela Ursuleasa, Nobuko Imai e Stacey Watton. O filme é de Jasmina Hajdany. Para os leitores do codornizes e, em especial, para a Ana Lobo da Costa, agradecendo as óptimas notícias que me deu ontem.

Franz Schubert, Quinteto para piano
em Lá Maior D. 667 (A truta)
1. Allegro vivace (dois primeiros vídeos)
2. Andante
3. Scherzo:Presto
4. Andantino - Allegretto
5. Allegro giusto






6 comentários:

Por entre o luar disse...

Continuamos com chuva... Nuvens e tal:) loool... mas os sorrisos continuam por cá:) Beijo grande***

Mário disse...

A Truta - Schubert no seu expoente.
Hei-de sempre associar este Quinteto à casa dos meus pais, e também a uma série passada em Oxford, que vi na BBC ou na ITV, há vinte anos, sobre estudantes e professores dos Colleges, com romance e intriga. A música de fundo era a Truta.
Já A Morte e a Donzela, de cujo primeiro andamento gosto particularmente, ficou associado às torturas nazis do Ben Kingsley sobre a Sigourney Weaver (coitado!) no filme "A noite da vingança", título muito mal traduzido, aliás.

manuel teixeira disse...

Nunca me deram tanta música ! mas como gosto de trutas e já não comia há muito tempo, fiquei feliz com este teu post.

Huckleberry Friend disse...

Oxford, que saudades... e que saudades de ver filmes e séries lá passados, creio que o mais próximo nos últimos tempos é o Christchurch a fazer de Hogwarts nos filmes do Harry Potter.

Já o filme Death and the maiden, baseado numa peça de teatro, é sobre torturas da ditadura de Pinochet (nazi après la lettre). A tradução portuguesa é imbecil, eu teria optado pelo nome do quarteto de Schubert.

Teixeira, ainda bem que foi do teu agrado. Também adoro comer trutas, a última vez foi há quase três anos, em Mérida... abraço!

manuel teixeira disse...

Mário,

Quando falas "da série da BBC" que viste, há cerca de 20 anos, será que estás a pensar na producção da Granada Television (1981) e que é seguramente uma das melhores séries televisivas do mundo jamais feitas, e de seu nome
BRIDESHEAD REVISITED ?

Huckleberry Friend disse...

Estive para comprá-la, em DVD, na FNAC. Não sei se para oferecer se para decidir, à última hora, ficar com ela. Abraço natalício, Manel!