terça-feira, 11 de março de 2008

Músicas que ficaram (III)

Mais três discos que marcaram a minha juventude, correspondendo ao pedido da Martini. Vou divulgando a lista por ordem alfabética, o que resultou, neste caso, num trio poliglota. Do Cohen que gosto de ouvir à lareira ao Pagani que já quase ninguém conhece (suprema injustiça!), passando por uma Bethânia que animou - em colaboração estreita com litros de cerveja e vermute - muitos fins de tarde no Baleal. A canção que escolhi tem letra de Manuel Alegre.



Greatest Hits, Leonard Cohen (Suzanne)


Imitação da vida, Maria Bethânia (Meu amor é marinheiro)


Le meilleur de Herbert Pagani,
Herbert Pagani (Concerto pour Venise)

NOTA: Podem ouvir as duas primeiras entregas aqui e aqui.

7 comentários:

Amélia disse...

Desculpe, menino Huck (ainda será menino?), mas esse Cd da Bethânia é meu, o do Cohen também... o meu marido canta essa música como ninguém, quase igual ao Cohen, veja bem!

Imitação da Vida... um dos discos da minha vida, chego a acreditar que foi um presente da Bethânia só para mim!

Um beijinho

Bruno Mocelin disse...

Deles só conheço Bethânia. Falando nisso está pra lançar um documentário que ela tem grande participação.
Abraços

Huckleberry Friend disse...

Amélia, às vezes ainda sou menino - mormente quando me tratam assim...

Mas olha, o seu a seu dono: o CD da Bethânia que eu punha a tocar, em tempos, no meu querido Baleal, era pertença da minha irmã (que mo emprestou, mas marcado, para evitar tentações). Mas acho que te percebo, aquela combinação de música e poemas de Pessoa seria um presente que todos gostaríamos de receber...

Quanto ao disco do Cohen, só tenho em vinil (afinal, já começas a ver que não sou tão menino quanto isso...). Também canto muito estas músicas, mas não aspiro a igualar o original ;) beijinhos para ti.

Bruno, vai à Internet ouvir Leonard Cohen e Herbert Pagani. São velhinhos, mas geniais. E hás-de encontrar muitas canções de amor para dedicar à Sammia (beijo para ela). Vou estar atento ao documentário da Bethânia. Abraços!

Por entre o luar disse...

:) beijinho lunar.. e sorriso:)

Huckleberry Friend disse...

Desde já retribuídos, Por entre o luar. Toma lá um raiozinho de sol tímido que hoje brilha sobre o Tejo.

Martini disse...

Isto assim às pinguinhas sabe bem ;)

Huckleberry Friend disse...

O mérito é teu, que desafiaste, amiga! Provavelmente vais achar isto tudo velhíssimo, mas olha que o que é bom não tem idade ;) beijinhos!