quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Já que aqui trouxe o Jacques

Por vezes as imagens, os sons, as ideias, vêm-me como cerejas. Tati serviu para anunciar o regresso das festas, Tati servirá para festejar outros anúncios. Vi o filme há muitos anos, na saudosa Alliance Française da Avenida de Paris, e revi-o há meses no Nimas. Prometo voltar a vê-lo lá para o Verão.

Jacques Tati, Mon oncle

7 comentários:

Periférico disse...

Este é um dos meus filmes preferidos de todos os tempos, embora quando seja para escolher o meu preferido do Jacques fique sempre indeciso entre este e o Playtime. São daqueles filmes que é sempre um prazer rever!

Um abraço

JP disse...

Está explicada a paixão pela música francesa.
Allez enfants de Jacques Tati!!

Um abraço.

Por entre o luar disse...

=P

Beijinhos e mil sorrisos***

Huckleberry Friend disse...

Periférico, são excelentes, como excelente era Tati... mas acho que se me obrigassem a escolher optava pelo Mon oncle. No outro dia vi Les vacances de Monsieur Hulot, também muito divertido. Um abraço!

JP, a música (sobretudo velha), o cinema (algum), a comida (menos nouvelle cuisine), o vinho (conheço pouco), as terras (tantas por explorar) e a língua francesa são, de facto, uma paixão. Et pour cause... Abraços!

Por entre o luar, un bisou et un sourire!

cris disse...

Ai que saudades do Cineclube! Vi os filmes dele todos! :)))))
dEIXO-TE UM SITE DE QUE VAIS GOSTAR :)
http://www.tativille.com/

Bj,

Cris

purita disse...

também recebeste os 4 dvds do J. Tati no Natal???
eu sim...hihihi

Huckleberry Friend disse...

Ai que saudades do Cineclube! Vi os filmes dele todos! :)))))
dEIXO-TE UM SITE DE QUE VAIS GOSTAR :)
http://www.tativille.com/

Bj,

Cris, que presente fantástico! Vou já lá ver, para depois passar pelos teus encantos. Beijinho.

Purita, NÃO, não recebi nada e deixaste-me roidinho! Ainda assim, um beijinho ;)