terça-feira, 6 de maio de 2008

As mães são as mais altas coisas / que os filhos criam

Os comentários à entrada sobre o Dia da Mãe e uma ressurreição bloguística dão-me vontade de estender as comemorações ao longo de toda a semana. Sempre encimadas por versos do soberbo poema de Herberto Hélder. Vamos lá, então, com retratos da maternidade, todos eles feitos por mulheres.
Alice Neel
Beatrix Potter

Cathy Rositano

Frida Kahlo

Joséphine Houssay

Olga Boznańska

Paula Rego

Sofonisba Anguissola

Tamara Lempicka

Virginie (Elodie) Demont-Breton

8 comentários:

a casa da mariquinhas disse...

O acaso tem destas coisas. Andava eu passeando, quando resolvi parar. Entrei, Gostei do que vi. Muito! Tenho que voltar, com tempo.
O poema dedicado à Mãe é lindo. E linda também a decisão de festejar até ao fim da semana. As mães merecem, e os filhos também.
Afinal, é uma "coisa" com que todos nascem, não é mesmo? Até os pintos que nascem de chocadeira tiveram a mãe galinha a pôr os ovos...sem escquecer as codornizes, claro!!!
A sério, sério, PARABÉNS, o blog é óptimo.
Beijos
Mariazita

Por entre o luar disse...

:) beijinhos lunares e sorrisinhos já cm um cheirinho a verão..lool:)

av disse...

Mas que bela recolha de quadros sobre a maternidade! Uns ternurentos, outros inquietantes. Mas a maternidade é isso mesmo...
Beijos

carla mar disse...

Um beijinho... da MÃE, daqui :)

Sofia disse...

Bela recolha. Guardo especialmente o da Beatrix Potter, tendo pena que nele n�o apare�a a Pata Patun�a!

Beijinhos e um sorriso c�mplice

Huckleberry Friend disse...

Mariazita, fico muito contente por ter gostado deste meu ninho! Seja bem-vinda e volte sempre que quiser.
É mesmo das mães - com ajuda dos pais - que tudo vem. E quando passamos de filhos a progenitores, o salto é vertiginoso... daí o entusiasmo nesta comemoração, que continuará até sexta. Beijinhos e muito obrigado pelas suas palavras!

Por entre o luar, o sol anima-me a deixar-te beijinhos e sorrisos ;)

Ana, a ideia é mesmo captar vários ângulos, várias visões... e há mais, garanto-te! Beijinhos.

Carla Mar, se o és, de parabéns estás! Beijos

Sofia, a Patunça-Jemima não tem filhos :( mas há outra mãe ainda mais linda do que a Mrs. Rabbit... adoro retratá-la, mas não mostro nada aqui ;) beijinho patunço

Migas disse...

Estou encantada com esta tua recolha! Alguns já conhecia outros nem tanto mas, achei muito interessante ver este tema tão carinhosamente tratado. Não sou mãe (ainda) mas tenho mãe. E este post fez-me lembrar dela, tão longe, noutro continente! :o)

Beijos

P.S. A falta de ovos cá no teu ninho é sobretudo por mudanças profissionais e consequente falta de tempo. :o) Gosto muito de cá vir!

Huckleberry Friend disse...

Migas, welcome back! Este ano, o Dia da Mãe bateu-me forte. E porquê? Porque, em vez de o viver apenas como filho - que já é tão bom -, vivo-o como quase-pai (faltam uns meses). O mesmo é dizer que o vivo ao lado de uma quase-mãe...
Adorei que tivesses aparecido! Um beijo grande para a tua Mãe, daqueles que atravessam oceanos, e outro para ti. E boa sorte nos novos desafios que a vida te lança!