terça-feira, 23 de outubro de 2007

Vous me pardonerez, Madame...

Catherine Deneuve fez 64 anos ontem. O pedido de desculpas é mesmo pelo dia de atraso, não por me atrever a falar abertamente da idade de uma senhora. Esta mulher não tem tempo ou, se o tem, é apenas para refinar a elegância, a sensualidade, o enigma. O clip é do mesmo filme do meu último Sunday soundbyte, para que vejam que Catherine brilha entre 8, 80 ou 800 mulheres. Pelo prazer de a ouvirmos cantar (é mesmo a voz dela!). Pela coreografia deliciosa. E porque, nem que seja no ecrã do cinema, da televisão ou do computador, é impossível resistir à tentação de rebobinar vezes sem conta só para a ouvir dizer "Tu es mon homme". Depois, há o diálogo (ou direi duelo?) entre o canto-beicinho de Deneuve e o cigarro inapagável nos beiços da inapagável Fanny Ardant (seis anos mais nova do que a aniversariante), de quem me doeu não pôr imagem no outro dia. O pas de deux não deslustra nenhuma das duas, antes põe a brilhar as suas belezas contrastantes, como se fossem dois cálices de vinho do Porto de diferentes colheita, cor, corpo e aroma. Joyeux anniversaire, Belle de jour!

5 comentários:

La Reina disse...

Parabéns à senhora Catherine, que é bonita e elegante e sensual e mais não sei o quê que tu dizes, ainda por cima tendo em conta a idade que tem!
Uma pergunta: Mas agora preferes as mais velhas?
Vai ao meu blogue e vê a resposta que te dou... que eu sou coerente: prefiro os mais velhos!

beijinhos e nada de ciúmes
LOL

Pedro disse...

Beijinhos também para ti e nada de ciúmes neste ninho de amor... Mas vous me pardonerez, Madame: não é de "agora" e não prefiro "as mais velhas". Sempre tive o instinto de não ligar demasiado a diferenças etárias. Tem-me corrido bem.

Para o resto do pessoal: vejam esta entrada
no blogue da Sofia
, que vale a pena.

Mad disse...

Pedro, a Catherine é eterna. Parabéns pelo bom gosto.

E já estou como o teu pai: ensina-me a pôr links nos comentários, por amor de deeeeeeeus!

Bjs,

madrinha disse...

OHHH, que pena! Quando tentei ver o filme, disse-me que já não está disponível...
Pronto, fica o teu texto. Que é ainda melhor do que as imagens, com toda a certeza.

Um beijinho

Pedro disse...

Apraz-me constatar que o bom gosto e o fair-play imperam entre as senhoras que frequentam este blogue. Madrinha, eu consigo abrir o vídeo, mas se não conseguires aproveita para alugá-lo, que vale bem a pena!
Beijinhos