sexta-feira, 30 de novembro de 2007

Blogues à sexta (VII)

Long Play! Banda de covers

O blogue desta semana é diferente da maioria e diferentes são as razões que ditaram a sua escolha. Há oito dias, passei pelo Refúgio das Freiras, a Santos, para ouvir os Long Play. Conhecia a vocalista, Joana Feu, dos tempos do Trítono, que ouvira no Bairro Alto e no bar BS, ali na Rua da Imprensa Nacional. Já era apreciador. Agora fiquei fã.

A voz da miúda que conquistava o público sentada, à guitarra, ganhou energia sem perder doçura. A dona da voz também. Joana solta-se, percorre todo o bar (que deixa de parecer exíguo), dança, impõe um ritmo à noite, põe-nos a cantar. É de uma naturalidade irresistível. De Sting a Alanis Morrissette, passando por Bob Marley, Prince e uma interpretação sentida de Ben Harper, que me cativou, o alinhamento faz-se de nomes famosos, mas foge à banalidade e ao óbvio. Guilha Marinho (guitarra), Rui Pereira (bateria) e Bruno Stélio (baixo) são instrumentistas competentíssimos. Cheira-se à distância que não estamos perante mais uma banda de amadores.

Na noite em que ouvi os Long Play, emocionou-me ouvir Se eu voltar, de Pedro Abrunhosa, num dueto entre a Joana e a minha cunhada Ana Knapič, que garanto que há-de dar cartas na música e não só. Ouçam-na aqui, a solo. E ouçam-na, em breve, aqui no codornizes.

Para acabar, apontamentos do blogue desta banda: tem música a tocar em permanência, calendário de actuações, slideshows dos artistas, improvisos divertidos (do Sexual healing, que referi acima) e uma lista de bares com actuações ao vivo. Falta-lhe uma actualização mais frequente, mas vale pela divulgação deste projecto meritório.

10 comentários:

Mad disse...

Boa sugestão. Vou lá. Não conheço muito de bandas portuguesas, além do óbvio, e tenciono remediar isso, apesar das limitações geográficas.

Beijos.

anak disse...

bem é verdade grande banda que é a dos longplay....tou sempre lá batida ultimamente mas vale a pena....bjinhs

Huckleberry Friend disse...

Mad, ficas convidada para um copo no Refúgio ou no sítio onde eles tocarem... depois do jantar no Bairro Alto (céus, se vieres muito em cima do Natal ainda estarei falido!).

Anocas, não só estás sempre lá batida como já és quase convidada-residente. E bem! Só por isso vou pôr uma música tua no blogue. Adoro-te, miúda!

Susana disse...

Com água na boca, foi como fiquei... :)

Beijinho

joana disse...

Queridos amigos,
É com um enorme fio de baba que leio este post. Na verdade, adoro tocar e muito mais para pessoas que conheço e estimo!
E vocês estão definitivamente nesse grupo!
Foi uma grande notícia que me revelaram no passado dia 23.
É impressionante a coragem que se tem que ter nos dias de hoje para dar esse passo.
Fico muito feliz por vocês e garantidamente têm espaço para uma música à vossa escolha no próximo gig. Pensem nisso e depois comuniquem ;) beijinhos grandes e babados da vossa fã!

Huckleberry Friend disse...

Susana, tens bom remédio... 14 de Dezembro no Refúgio das Freiras e 5 de Janeiro no Arte do Cais (Montijo). Recomendo vivamente!

Joaninha, acredita que sim... há passos que são quase tão difíceis como arrancar o primeiro dó de peito perante uma plateia com lotação esgotada. Sai fífia? Sai bem? Se não experimentarmos nunca sabemos. Também tu ousas, também tu inovas, como sabe quem tem acompanhado o teu percurso. Continua... da próxima vez lá iremos "cobrar" a promessa de uma música dedicada. Só nos pode fazer bem! Beijinho grande!

Sofia disse...

Ai... que escolha difícil rapariga... mas prometo pensar... ainda tenho uma semaninha!

beijinhos

Huckleberry Friend disse...

Conseguiremos chegar ao Refúgio com essa importante decisão tomada?

Guilha disse...

Da minha parte agradeço as tuas palavras. É sempre bom quando o prazer de quem toca se transforma no prazer de quem ouve!

Felicidades! Bom Natal!

Guilha

Huckleberry Friend disse...

Guilha, não esqueço a última vez que te vi actuar... nem a febre te detinha! Um abraço, Feliz Natal e um 2008 cheio de sons!