domingo, 18 de novembro de 2007

Sunday soundbytes (V)

Na semana passada, houve quem achasse duro falar-se aqui da morte do domingo... mas não é só no fim-de-semana que há coisas boas. Amanhã de manhã deixarei o refúgio toxofalense que tanta paz me dá, mas não tenho razões para me queixar da vida de segunda a sexta. Sem ela, nem estes tempos de ritmo diferente sabiam tão bem. É de Girl, dos Beatles, o trecho musical escolhido para este domingo, que ainda não morreu.
girl.mp3

2 comentários:

marta disse...

Desculpa, só agora vi o desafio para continuar nas definiçôes da Porta do Vento.

Não tenho tido muito tempo disponível, só isso.
E estava a achar engraçada a troca de ideias, que apesar de tudo não estão assim tão longe uma da outra, a não ser no que diz respeito à amizade.

Sempre que me falam da amizade num casal, penso que devo ser eu que tenho um conceito diferente de amizade, mas não a concebo nem junto com amor, nem junto com a paixão.
No dia em que sentir amizade pelo "meu", separo-me, tenha a idade que tiver.

Os Beatles, fazem-me sempre lembrar o amor.

Huckleberry Friend disse...

Também tenho gostado das conversas sobre amor e paixão. Lá encalhámos na amizade, que para mim é um dos muitos ingredientes de que o amor é feito, enquanto tu achas que os dois são incompatíveis... dead end, cheira-me!

Talvez seja mesmo uma questão de diferença de conceitos... por vezes sinto que estes debates se tornam algo teóricos e abstractos. Apetece-me mais viver os amores, as amizades, as paixões e os sexos do que chegar à definição precisa deste ou daquele sentimento, desta ou daquela sensação, deste ou daquele desejo... um beijinho!